PORQUE E QUANDO FAZER UMA PREVIDÊNCIA PARA AS CRIANÇAS?

Começar uma previdência para crianças quando elas estão a muitos anos da aposentadoria pode parecer estranho, mas, financeiramente falando, pode fazer sentido. Na realidade faz, e muito, sentido. Começar uma previdência para seu filho desde cedo pode fazer uma enorme diferença. Mesmo que você economize pequenas quantias, ao longo de muitas décadas, pode crescer para uma reserva bastante significativa ao longo do tempo. E é claro, quanto mais cedo você começar a economizar, mais tempo o dinheiro terá para render.

Os planos de previdência privada são oferecidos pelas sociedades seguradoras ou pelas entidades abertas de previdência complementar. É uma alternativa, ou um complemento, à previdência pública. É um tipo de aposentadoria particular que visa atingir objetivos a longo prazo, além de poder também garantir o pagamento de um benefício aos seus beneficiários, no caso nossos filhos (coberturas de morte). Para começar um plano para seu pequeno, primeiro você deve escolher uma modalidade de plano, que podem ser de dois tipos, ou o Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), onde o Imposto de Renda incide sobre todo o valor no momento do resgate, sendo indicado para quem faz a declaração completa do Imposto de Renda; ou o Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL), onde o recolhimento de IR é abatido apenas da rentabilidade do patrimônio, e não sobre o valor total. Este último é indicado para quem faz a declaração simplificada do Imposto de Renda. Após, é necessário também definir o tipo de tributação sobre o plano contratado, se tributação progressiva ou regressiva, além do fundo em que será aplicado seu dinheiro para render.

O plano de previdência privada infantil precisa ser contratado por um responsável legal do menor. Pode ser um dos pais, tutor ou curador legal. O contratante é considerado o responsável financeiro pela aplicação, quem tem a autorização legal para movimentar as reservas do plano, como solicitar resgates, ou atualizar informações cadastrais do menor. Ele pode também pedir alterações no plano de previdência com relação à periodicidade, a forma de pagamento e os valores dos aportes mensais. Na hora da declaração de imposto de renda, é o responsável financeiro que vai declarar o pagamento das contribuições mensais.

Quanto a pergunta sobre quando começar, a resposta é fácil: quanto antes, melhor. Por ser um investimento de longo prazo, o trabalho que os juros compostos farão por você e seu pequeno são muito fortemente sentidos. Cada ano que se passa, mais dinheiro estará rendendo por você no ano seguinte, fazendo com que os juros se somem ao longo dos anos. Isto é, os ganhos de um investimento de 10 anos não serão o dobro de um de cinco anos, serão muito superiores. É o poder dos juros compostos. É quase mágica o que 200 reais por mês, ao longo de 15 anos, podem virar em um investimento deste tipo.

Um plano de previdência privada é melhor que a poupança, e, por ser um investimento de longo prazo, você irá usufruir os benefícios dos juros compostos a seu favor. Mas, principalmente, ele tem também um valor educacional muito grande, apresentando a seu filho, desde cedo, o conceito e benefício de poupar e investir a longo prazo. Uma bela maneira de encorajar os jovens a se envolverem mais em suas finanças no futuro.

Equipe Prevkids

--

--

Quando se pensa em um futuro financeiro melhor para as crianças, segurança e praticidade vêm em primeiro lugar. Essa é a PrevKids!

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Prevkids - Para o Futuro, Para as Crianças

Prevkids - Para o Futuro, Para as Crianças

Quando se pensa em um futuro financeiro melhor para as crianças, segurança e praticidade vêm em primeiro lugar. Essa é a PrevKids!